Primeira atualização trimestral do Facebook sobre o Comitê de Supervisão

Por Jennifer Broxmeyer, Diretora de Governança de Conteúdo

Quando lançamos o Comitê de Supervisão, nos comprometemos a considerar e responder de forma transparente a todas as recomendações do comitê

Hoje, estamos publicando nossa primeira atualização trimestral, cobrindo o primeiro trimestre de 2021, que fornece (1) informações sobre os casos que o Facebook encaminhou ao comitê e (2) uma atualização sobre nosso progresso implementando suas recomendações. Essas atualizações trimestrais são projetadas para fornecer informações regularmente sobre o progresso desse trabalho de longo prazo, enquanto compartilham mais sobre como abordamos esses desafios. O propósito delas é conferir transparência perante o comitê e o público.

Indicações do Facebook ao Comitê

Além de fornecer aos usuários acesso direto para apelar das decisões de conteúdo ao comitê, nós identificamos regular e proativamente algumas das decisões de conteúdo mais significativas e difíceis que tomamos em nossa plataforma e pedimos ao comitê que as analise. Embora o comitê observe quando os casos foram indicados pelo Facebook, não divulgamos previamente detalhes sobre os casos que indicamos ao comitê que não foram selecionados.

Indicamos casos que envolvem questões graves, em grande escala e/ou importantes para o discurso público. Além disso, procuramos decisões de conteúdo que levantem questões sobre as políticas atuais ou suas aplicações, com fortes argumentos de ambos os lados para remover ou manter o conteúdo sob revisão. Abordamos como priorizamos as decisões de conteúdo para indicar ao comitê, em nossa Newsroom.

As equipes do Facebook com experiência em nossas políticas de conteúdo, processos de aplicação e contextos culturais de regiões ao redor do mundo analisam os casos candidatos e fornecem feedback sobre sua importância e complexidade. Indicamos as decisões de conteúdo mais significativas e difíceis ao comitê, que tem competência independente para aceitar ou rejeitar esses casos. Assim como acontece com as apelações, as decisões do comitê são vinculantes. De novembro de 2020 a 31 de março de 2021, indicamos 26 decisões de conteúdo ao comitê, e ele selecionou três: um caso sobre supostas curas para COVID-19; um caso de ameaça velada baseada em crenças religiosas; e um caso sobre a decisão de suspender indefinidamente a conta do ex-presidente dos EUA Donald Trump.

Nosso progresso em relação às recomendações não vinculantes

No primeiro trimestre de 2021, o comitê emitiu 18 recomendações em seis casos. Estamos implementando na íntegra ou em parte 14 recomendações, ainda avaliando a viabilidade de implementar três, e não estamos realizando nenhuma ação em relação a uma. A dimensão e o escopo das recomendações do comitê vão além do que antecipamos quando criamos o comitê, e diversas requerem investimentos de vários meses ou anos. As recomendações do conselho tocam em como aplicamos nossas políticas, como informamos os usuários sobre as ações que tomamos e o que eles podem fazer a respeito, além de relatórios adicionais de transparência.

Por exemplo, no último trimestre, em resposta às recomendações do comitê, lançamos e continuamos a testar novas experiências para usuários que são mais específicas sobre o porquê removemos conteúdo. Avançamos na especificidade de nossas notificações de discursos de ódio usando um classificador adicional que é capaz de prever que tipo de discurso de ódio está no conteúdo: violência, desumanização, crimes de ódio, comparação visual, inferiorização, desprezo, xingamento, exclusão e/ou calúnias. As pessoas que usam o Facebook em inglês agora recebem mensagens mais específicas quando violam nossas políticas de discurso de ódio. Lançaremos notificações mais específicas para violações de discurso de ódio em outros idiomas no futuro. E, como resultado das recomendações do comitê, estamos executando testes para avaliar o impacto de dizer às pessoas a aplicação da medida usou automação. Adicionalmente, atualizamos nossa política de Organizações e Indivíduos Perigosos, criando três níveis de aplicação de medidas em conteúdo para diferentes designações de gravidade e adicionando definições dos principais termos 

Esperamos que nossas respostas também contribuam para o diálogo em torno dos desafios da moderação de conteúdo em escala, fornecendo mais percepções sobre os trade-offs de cada decisão. Onde discordamos em parte ou totalmente de uma recomendação do comitê — ou onde a implementação irá requerer um tempo mais longo — explicamos o motivo.

Relatórios futuros

O impacto do comitê não vem apenas de suas decisões vinculantes e recomendações sobre nossas políticas e processos, mas também do debate público em torno dos casos. Agradecemos pelos feedbacks do comitê e análises ​— junto ao feedback do público — de nossa implementação das recomendações, bem como as sugestões sobre como podemos continuar melhorando.

Veja a atualização completa para mais informações.



Usamos cookies para ajudar a personalizar conteúdo, mensurar anúncios e fornecer uma experiência mais segura. Clicando ou navegando no site, você concorda em permitir a coleta de informações dentro e fora do Facebook por meio de cookies. Saiba mais, inclusive sobre os controles disponíveis: Política de Cookies