Apoiando criadores de conteúdo a diversificar a receita no Facebook

Por Yoav Arnstein, diretor de Monetização do Facebook app

Criadores de conteúdo — influenciadores, publicações digitais (digipubs), parceiros de vídeo, empresas de todos os tamanhos, gamers, empresas de mídia, instituições culturais, entre outros — constroem comunidades vibrantes no Facebook. Queremos que eles tenham as ferramentas e o suporte de que precisam para monetizar com a criação e o compartilhamento de conteúdo tanto para quem tem esse como seu negócio principal, uma de suas muitas fontes de receitas ou até mesmo a única alternativa de remuneração durante a pandemia. 

E esses esforços estão gerando impacto. De 2019 a 2020, o número de criadores de conteúdo que ganham o equivalente a US$ 10 mil por mês cresceu 88% e dos que ganham US$ 1 mil por mês cresceu 94%*.

Embora tenhamos progredido, ainda temos trabalho a fazer. Hoje, anunciamos maneiras adicionais pelas quais os criadores de conteúdo em todo o mundo podem gerar receita no Facebook:

  • Receita com vídeos curtos: possibilitaremos aos criadores de conteúdo monetizar todos os tipos de vídeo e, nos Estados Unidos, começar a testar anúncios em figurinhas para Stories.
  • Ferramentas de monetização para mais criadores de conteúdo: atualizamos os critérios de elegibilidade para anúncios em vídeo (in-stream ads) para que mais criadores possam acessar o programa, incluindo o acesso a anúncios em vídeo para Lives. Os eventos pagos online e assinaturas de fãs, já disponíveis no Brasil, também chegarão para mais países.
  • Acelerando o apoio de fãs: estamos tornando mais fácil para os criadores de conteúdo obterem o apoio de fãs, além de promovermos a adoção de Estrelas, oferecendo pacotes gratuitos para que sejam enviadas aos seus criadores de conteúdo preferidos.

Ganhe dinheiro com todos os tipos de vídeos

De Lives a formatos curtos e longos, os criadores de conteúdo compartilham uma ampla diversidade de vídeos no Facebook. Desde o lançamento dos anúncios em vídeo, expandimos o formato para incluir anúncios de imagem e anúncios exibidos antes, durante e após o vídeo, bem como formatos específicos para Live.

Os criadores de vídeos agora podem monetizar com vídeos de apenas um minuto, com um anúncio ininterrupto de no mínimo 30 segundos. Para vídeos de três minutos ou mais, um anúncio pode ser mostrado com 45 segundos. Anteriormente, apenas vídeos de três minutos ou mais podiam gerar receita com anúncios em vídeo, com um anúncio exibido somente após o primeiro minuto.

Isso se traduziu em pagamentos crescentes aos criadores de conteúdo – os pagamentos de anúncios em vídeo aumentaram mais de 55% de 2019 a 2020* – com parceiros de vídeo de todos os tamanhos ganhando uma receita significativa. Por exemplo, o UFC está gerando milhões de dólares anualmente por meio de anúncios em vídeo e, do final de 2019 até abril de 2020, a receita de anúncio em vídeo do chef coreano Seonkyoung Longest aumentou cerca de 50% ao mês*.

Para o futuro, estamos explorando formatos de anúncio em vídeo que aumentem o engajamento por meio de recompensas ou interação com o produto – com o objetivo de ajudar a aumentar os pagamentos aos criadores de conteúdo ao mesmo tempo em que oferecemos uma boa experiência de visualização para as pessoas e uma maneira para os anunciantes alcançarem públicos relevantes.

Estamos especialmente focados na monetização de vídeos curtos. Nas próximas semanas, começaremos a testar nos Estados Unidos a capacidade dos criadores de monetizar seus Stories no Facebook com anúncios que se parecem figurinhas, recebendo uma parte da receita resultante. Embora o teste inicial seja muito pequeno, esperamos expandir em breve para mais criadores de conteúdo e, em seguida, ampliá-lo para vídeos curtos no Facebook, eventualmente fornecendo uma maneira para os criadores de conteúdo monetizarem esses conteúdos populares.

Expandindo o acesso à monetização de vídeo

Agora que expandimos os tipos de vídeos que podem gerar receita no Facebook, estamos atualizando nossos critérios de elegibilidade para que mais criadores de conteúdo possam monetizar seus vídeos com anúncios em video. Para participar de nosso programa de anúncios em vídeo sob demanda, as Páginas agora devem ter:

  • 600 mil minutos totais de visualização, considerando qualquer combinação de uploads de vídeo – sob demanda, ao vivo e gravado ao vivo – nos últimos 60 dias.
  • 5 ou mais uploads de vídeo ativos ou Lives transmitidas anteriormente. Os vídeos devem estar publicados, não excluídos e em conformidade com nossas Políticas de Monetização de Conteúdo.

Nossos requisitos anteriores consideravam apenas vídeos sob demanda de pelo menos três minutos; esses critérios atualizados ajudarão os criadores de conteúdo que publicam majoritariamente vídeos ao vivo e curtos a monetizar seus conteúdos gravados.

Os criadores de conteúdo ainda devem publicar em uma Página (não um Perfil) com pelo menos 10 mil seguidores, ter 18 anos e estar localizado em um país com suporte. Além disso, sua Página deve ser aprovada e permanecer em conformidade com nossas Políticas de Monetização de Parceiros.

Levando anúncios em vídeo para as Lives

Quando a pandemia começou, Dena Blizzard deixou de se apresentar em clubes de comédia dos Estados Unidos e começou a realizar Lives de casa no Facebook. Com os anúncios em vídeo ao vivo, ela conseguiu compensar a perda de receita. A comediante viu um crescimento de 65% nos ganhos depois de entrar no programa* e os anúncios em vídeo do Live geram mais de 50% de seus rendimentos totais*.

Por causa de histórias como essa, estamos animados em possibilitar que mais criadores de conteúdo monetizem seus vídeos ao vivo com anúncios em vídeo. Anteriormente, este programa era apenas para convidados.

Para ser elegível para nosso programa de anúncios em vídeo em Lives, os criadores devem ter 60 mil minutos ao vivo visualizados nos últimos 60 dias, além de atender aos requisitos do programa de vídeo sob demanda. O tempo de visualização ou uploads de publicações cruzadas de vídeos (cross-posted) não contam para a qualificação de ambos os programas.

Os criadores de conteúdo podem verificar sua elegibilidade e enviar suas Páginas para revisão para ambos os programas de anúncios em vídeo no Estúdio de Criação. Analisaremos todas as aplicações e expandiremos gradualmente para garantir que estamos mantendo rígidos requisitos de segurança de marca. Os anunciantes também podem optar por impedir que seus anúncios sejam exibidos em transmissões ao vivo ao configurar campanhas publicitárias.

Monetizando Lives com Estrelas

Embora os anúncios possam ser uma ótima maneira de monetizar transmissões ao vivo, o engajamento do Live ajuda a ganhar dinheiro através de Estrelas. Com o foco em recompensar a lealdade dos fãs, vimos as Estrelas aumentando a conexão entre os criadores e sua comunidade. Nos últimos seis meses, as pessoas enviaram aos criadores de vídeos e gamers uma média de 1 bilhão de Estrelas por mês, o que equivale a US$ 10 milhões mensais*.

Por exemplo, Vincenzo Girasoli – também conhecido como Idressitalian – usa as Lives para levar seus fãs em turnês virtuais pela Itália, monetizando com Estrelas. De maio a setembro de 2020, ele teve uma média de 634 pessoas enviando Estrelas para ele todos os meses e recebeu mais de um milhão de Estrelas em apenas um dia*.

Hoje, estamos anunciando que o Facebook está investindo US$ 7 milhões no conhecimento e adoção do recurso pelos consumidores através da distribuição de Estrelas gratuitas nos próximos meses. Durante certas transmissões ao vivo com suporte a Estrelas, algumas pessoas verão uma oferta para reivindicar pacotes gratuitos, que podem ser enviados para seus criadores preferidos para aumentar sua visibilidade e conexão com eles, além de ampliar seus ganhos.

Lançamos também várias melhorias em Estrelas. Além de selos que os remetentes já recebem, agora os comentários enviados com Estrelas se destacam visualmente e são fixados dentro do player ao vivo, onde outros espectadores podem vê-los. Também estamos adicionando presentes virtuais que as pessoas podem enviar aos criadores de conteúdo.

Estamos expandindo rapidamente o Facebook Estrelas para criadores focados em Lives em mais de 15 mercados. Os selecionados agora podem facilmente obter acesso ao recurso a partir de seu smartphone antes de entrar no ar e ganhar Estrelas. Posteriormente, poderão concluir a configuração da conta em seu computador no Estúdio de Criação. Os criadores de conteúdo também podem verificar a elegibilidade e expressar interesse em obter acesso aqui.

Embora o Facebook Estrelas tenha sido criado principalmente para transmissões ao vivo, nas próximas semanas começaremos a testá-lo para vídeo sob demanda, explorando recursos para vídeos gravados curtos e longos.

Expansão de Eventos Online Pagos e Assinaturas de Fãs

Em agosto de 2020, apresentamos nosso recurso de eventos onlines pagos, que cresceu tremendamente desde então, proporcionando aos criadores de conteúdo e empresas outra forma valiosa de monetizar no Facebook. As Páginas estão hospedando uma ampla gama de eventos online pagos – competições esportivas, aulas de culinária, gravações de podcast ao vivo, tours virtuais, tutoriais de maquiagem e muito mais – e, ao fazer isso, estão alcançando e monetizando públicos novos e maiores.

A comediante Daphnique Springs adaptou seu espetáculo de comédia ao vivo para um mundo principalmente virtual usando eventos online pagos com grande sucesso; uma academia de Jiu-Jitsu brasileiro na Austrália, a Subversion Jiu-Jitsu, arrecadou mais de US$ 29 mil em três torneios*; e o Teatro San Carlo – a casa de ópera mais antiga da Itália – alcançou mais de 34 mil compras em seu primeiro evento online pago, 25 vezes a capacidade presencial do teatro*.

Hoje os eventos online pagos estão disponíveis em 20 países, incluindo o Brasil, e iremos expandi-los para mais 24 mercados nas próximas semanas: Argentina, Áustria, Bangladesh, Bolívia, Colômbia, Dinamarca, Equador, Egito, Guatemala, Hong Kong, Indonésia, Irlanda , Malásia, Marrocos, Nova Zelândia, Peru, Portugal, África do Sul, Suíça, Taiwan, Tailândia, Filipinas, Turquia e Emirados Árabes Unidos.

Nosso recurso de Assinaturas de Fãs também continua a apresentar forte crescimento e tem sido uma fonte confiável de receita para criadores de conteúdo em todo o mundo – já são mais de 1 milhão de assinaturas de fãs ativas na plataforma. Atualmente disponível em +25 mercados e, nos próximos meses, expandiremos o produto para mais 10 países: Áustria, Bélgica, Dinamarca, Finlândia, Irlanda, Nova Zelândia, Noruega, Suécia, Suíça e Turquia.

Para eventos online pagos e Assinaturas de Fãs, o Facebook seguirá não coletando participação na receita de nenhum desses produtos até pelo menos agosto de 2021.

Conjunto completo de produtos e ferramentas focadas em criadores de conteúdo

Os criadores de conteúdo podem ganhar dinheiro com anúncios por meio de nosso programa de anúncios em vídeo, através do apoio de suas comunidades por meio de assinaturas de fãs e eventos online pagos, com nosso recurso Estrelas e com parcerias pagas por meio de conteúdo de marca e gerenciador de colaboradores de marca. Isso significa que todos os tipos de criadores de conteúdo podem escolher o mix de produtos que melhor corresponda à comunidade que eles construíram e ao conteúdo que compartilham.

Para acessar qualquer um de nossos programas de monetização, os criadores de conteúdo devem cumprir nossas políticas de monetização de parceiros, bem como nossas políticas de monetização de conteúdo. Esses conjuntos de políticas incluem nossos Padrões da Comunidade, bem como um nível adicional de padrões acima e além deles, que regem tanto as Páginas como as suas publicações para garantir que o conteúdo monetizado crie valor para as pessoas.

Estamos animados para continuar a aprimorar todos os nossos produtos de monetização para que os criadores de conteúdo possam prosperar no Facebook. Visite o Estúdio de Criação para saber mais sobre nossas ofertas e dicas, práticas recomendadas e para verificar a elegibilidade para todos os produtos.

*Dados internos do Facebook



Usamos cookies para ajudar a personalizar conteúdo, mensurar anúncios e fornecer uma experiência mais segura. Clicando ou navegando no site, você concorda em permitir a coleta de informações dentro e fora do Facebook por meio de cookies. Saiba mais, inclusive sobre os controles disponíveis: Política de Cookies