Mudanças para manter os Grupos do Facebook seguros

Por Tom Alison, vice-presidente de Engenharia

Para nós, é importante que as pessoas consigam descobrir e se conectar com segurança com os Grupos do Facebook, pois assim elas podem se conectar com outras pessoas em torno de interesses comuns e experiências de vida. Por isso, adotamos medidas para coibir a propagação de conteúdo nocivo, como discurso de ódio e desinformação. Além disso, dificultamos o funcionamento ou a descoberta de determinados Grupos, sejam eles públicos ou privados. Quando um grupo viola as nossas regras repetidamente, ele é removido.

Hoje, vamos compartilhar as últimas novidades sobre o nosso trabalho contínuo para manter os grupos seguros, que inclui como pensamos sobre como manter recomendações seguras, bem como reduzir os privilégios para aqueles que violam nossas regras. Essas mudanças serão implementadas globalmente nos próximos meses.

Aprimorando as recomendações de Grupos

Sabemos que temos uma grande responsabilidade quando amplificamos as recomendações de conteúdo. Enquanto trabalhamos para garantir que Grupos com conteúdo potencialmente nocivo ou de baixa qualidade não sejam recomendados às pessoas, ao mesmo tempo, tentamos tomar cuidado para não penalizar Grupos de alta qualidade que abordam assuntos similares. O conflito que enfrentamos não é entre os nossos interesses comerciais e a remoção de Grupos de baixa qualidade — diz respeito a adotar medidas em relação a Grupos potencialmente nocivos e, ao mesmo tempo, garantir que os líderes de comunidades possam expandir seus Grupos que seguem as regras e beneficiam as pessoas. Tentamos equilibrar isso com cuidado em nossas diretrizes de recomendações, que podem ser consultadas aqui.

No entanto, como os comportamentos evoluem em nossa plataforma, reconhecemos que é preciso fazer mais. Por isso, recentemente removemos os Grupos que tratam de temas cívicos e políticos, bem como os recém-criados, das recomendações nos EUA. 

Embora as pessoas ainda possam convidar amigos para esses grupos ou pesquisá-los, agora começamos a expandir essas restrições globalmente. Isso se baseia nas restrições que fizemos às recomendações, como remover Grupos de saúde dessas interfaces, bem como os que compartilham desinformação repetidamente.

Também estamos adicionando mais nuances à nossa aplicação de medidas. Quando um Grupo começar a violar as nossas regras, agora começaremos a exibi-lo mais abaixo nas recomendações, o que diminui a probabilidade de ele ser descoberto pelas pessoas. Esta é uma abordagem semelhante à que já adotamos no Feed de Notícias, onde mostramos publicações de menor qualidade em posições mais baixas, para que menos pessoas as vejam.

Restringindo o alcance de Grupos e membros que violam regras

Acreditamos que Grupos e membros que violam nossas regras devem ter seus privilégios e alcance reduzidos, com restrições que se tornam mais severas à medida que acumulam mais violações, até que os removamos completamente. E, quando necessário, em casos de danos graves, removeremos completamente Grupos e pessoas sem essas etapas intermediárias. 

Grupos

Para começar, informaremos as pessoas quando elas estiverem prestes a participar de um grupo que já violou os Padrões da Comunidade. Assim, elas poderão tomar uma decisão mais consciente antes de entrar. Limitaremos as notificações de convite para esses Grupos, a fim de que seja menos provável que as pessoas comecem a participar deles. Para os membros existentes, reduziremos a distribuição do conteúdo desse Grupo para que seja mostrado em uma posição inferior no Feed de Notícias. Acreditamos que essas medidas como um todo, bem como o rebaixamento dos Grupos nas recomendações, dificultarão a descoberta e engajamento de Grupos que violam as nossas regras.

Também começaremos a exigir que administradores e moderadores aprovem temporariamente todas as publicações  quando esse Grupo tiver um número substancial de membros que violaram nossas políticas ou fizeram parte de outros Grupos que foram removidos por quebrar nossas regras. Isso significa que o conteúdo não será mostrado para o Grupo mais amplo até que um administrador ou moderador o analise e aprove. Se um administrador ou moderador aprovar repetidamente um conteúdo que viole nossas regras, removeremos todo o Grupo.

Membros

Quando uma pessoa tiver cometido violações recorrentes em Grupos, ela será bloqueada e não poderá publicar nem comentar em nenhum Grupo por um período. Ela também não será capaz de convidar outras pessoas para nenhum Grupo e não poderá criar novos Grupos. O objetivo dessas medidas é ajudar a diminuir o alcance que buscam usar nossas plataformas com propósitos nocivos, além de aprimorar as restrições existentes que implementamos no ano passado.

Sempre podemos fazer mais para manter os Grupos do Facebook seguros. Continuaremos a aprimorá-los e investir nos esforços para garantir que as pessoas possam contar com esses espaços para conexão e suporte.



Usamos cookies para ajudar a personalizar conteúdo, mensurar anúncios e fornecer uma experiência mais segura. Clicando ou navegando no site, você concorda em permitir a coleta de informações dentro e fora do Facebook por meio de cookies. Saiba mais, inclusive sobre os controles disponíveis: Política de Cookies