Relatório global sobre a situação das pequenas empresas

Por Sheryl Sandberg, Chief Operating Officer

As pequenas empresas são vitais para as nossas sociedades e os heróis desconhecidos da economia global. De cafés, livrarias e restaurantes a encanadores, organizadores de casamentos e designers gráficos, as pequenas empresas geram empregos e crescimento em todos os países, ajudando a reduzir a pobreza e a desigualdade de renda. Porém, elas estão enfrentando um desafio enorme com a pandemia da COVID-19, que se mostrou não apenas uma emergência de saúde pública, mas também uma crise econômica que atinge excepcionalmente as menores empresas.

Hoje, o tamanho do desafio que as pequenas e médias empresas enfrentam em todo o mundo é revelado com a publicação do Relatório Global de Pequenas Empresas produzido pelo Facebook em parceria com o Banco Mundial e a OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico). É o primeiro de uma série de relatórios que foram planejados antes da pandemia – quando imaginávamos que ele traria dados mais positivos e motivadores. Em vez disso, o que descobrimos ao pesquisar mais de 30 mil líderes de pequenas empresas em mais de 50 países é preocupante.

Mais de um quarto do entrevistados ao redor do mundo disseram que fecharam seu negócio entre janeiro e maio deste ano – mas esse número sobe para mais de 50% em alguns países. Um terço dos que atualmente funcionam relataram ter reduzido a força de trabalho, um sinal preocupante do que poderia ser uma longa crise de emprego. E quase dois terços dos que estão em operação nos disseram que as vendas caíram, se comparadas com o mesmo período do ano passado – em muitos casos a queda foi significativa.

A pesquisa mostra ainda que o setor de turismo e serviços de hospitalidade sentiram o peso das restrições relacionadas ao COVID-19, que reduziu os gastos dos consumidores, com cerca de metade das empresas destes setores informando que haviam fechado. As menores empresas, pertencentes e operadas por uma pessoa, fecharam em um índice maior do que outras.

O relatório também expõe uma forte desigualdade de gênero. As empresas lideradas por mulheres têm mais chances (7 pontos percentuais a mais) de serem fechadas em comparação com as lideradas por homens, além de terem uma probabilidade significativamente maior de se concentrarem nos setores mais afetados pelas restrições aos negócios. De fato, quanto mais rígidas são as restrições, mais empresas lideradas por mulheres fecham suas portas em comparação com as administradas por homens.

O negócio do Facebook é ajudar os pequenos negócios. Mais de 160 milhões de empresas usam o Facebook, Instagram, Messenger ou WhatsApp todos os meses para encontrar clientes, vender e crescer. As pequenas e médias companhias são o coração da comunidade do Facebook e, desde os primeiros dias da pandemia, tomamos medidas para ajudá-los a enfrentar essa crise. Por isso, lançamos recentemente o Facebook Shops para facilitar a venda on-line e criamos a Central de Recursos para Empresas, onde eles podem obter treinamento, aconselhamento e informações – inclusive de especialistas em saúde.

Os empreendedores são pessoas resilientes e o relatório mostra que muitos permanecem otimistas em relação ao futuro. Quase três quartos daqueles que fecharam no momento da pesquisa esperam reabrir à medida em que acabarem as restrições causadas pela COVID-19. O caminho para a recuperação é incerto e muitos podem precisar de apoio de governos ou outras instituições para retomar os negócios. Esperamos que este relatório ajude a identificar áreas em que essa ajuda pode fazer a maior diferença. São tempos difíceis para empresas de todo o mundo, mas o Facebook está determinado a fazer todo o possível para ajudá-las a superar esse desafio.



Usamos cookies para ajudar a personalizar conteúdo, mensurar anúncios e fornecer uma experiência mais segura. Clicando ou navegando no site, você concorda em permitir a coleta de informações dentro e fora do Facebook por meio de cookies. Saiba mais, inclusive sobre os controles disponíveis: Política de Cookies