Promovendo o engajamento cívico de eleitores nos EUA

Por Naomi Gleit, Vice-presidente de Gerenciamento de Produto e Impacto Social

Nosso objetivo é ajudar 4 milhões de pessoas a se registrar para votar

O Facebook foi criado para empoderar as pessoas, dando-lhes uma voz. E o voto é uma das maneiras mais poderosas de fazer sua voz ser ouvida. As eleições nos Estados Unidos ocorrerão em menos de cinco meses e o Facebook está lançando a maior campanha de informações sobre votação na história americana. Estamos construindo um novo Centro de Informações sobre Votação, que fornecerá informações precisas sobre votação a milhões de pessoas, além de fornecer as ferramentas necessárias para que elas se registrem e façam com que suas vozes sejam ouvidas nas urnas. Nosso objetivo é ajudar a registrar 4 milhões de eleitores este ano usando o Facebook, Instagram e Messenger, para irem às urnas e escolham seus líderes. Essa meta é o dobro dos 2 milhões de pessoas estimadas que ajudamos a registrar no país nas eleições de 2018 e 2016.

A crise de COVID-19 forçou muitos Estados nos EUA a promover mudanças na votação, criando incerteza para alguns eleitores e oportunidades para interferência nas eleições. Fizemos pesquisas com eleitores em potencial e 62% deles disseram acreditar que as pessoas precisarão de mais informações sobre como votar este ano do que nas eleições anteriores. Criamos alguns dos sistemas mais avançados do mundo para combater a interferência eleitoral. O Centro de Informações sobre Votação será uma importante linha de defesa. Ao disponibilizar informações claras, precisas e oficiais para as pessoas, reduzimos a eficácia de redes maliciosas que podem tentar tirar proveito de incertezas e interferir na eleição.

O Centro de Informações sobre Votação também será um local onde as pessoas poderão obter informações sobre como se registrar para votar ou solicitar uma cédula para votação por correios, dependendo das regras em seu Estado. As pessoas poderão, ainda, ver alertas de autoridades sobre eleições locais e mudanças no processo de votação. Nossa intenção é simples, mas ambiciosa: ajudar todos os eleitores elegíveis nos EUA que usam nossa plataforma a votar este ano.

Em março, criamos nossa Central de Informações sobre a COVID-19, que fornece informações confiáveis das autoridades de saúde sobre a pandemia. Agora, estamos usando a mesma abordagem para ajudar as pessoas a votar este ano nos EUA.

Além disso, estamos trabalhando com autoridades eleitorais estaduais e outros especialistas para garantir que o Centro de Informações sobre Votação reflita com precisão as informações mais recentes de cada Estado. As informações que destacamos serão alteradas para atender às necessidades dos eleitores à medida que avançamos em diferentes fases da eleição, como períodos de inscrição, prazos para solicitar uma votação por correio, o início da votação antecipada e o dia da eleição.

O Centro de Informações sobre Votação incluirá:

  • Postagens de autoridades eleitorais locais verificadas com comunicações e alterações no processo de votação. As pessoas também podem optar por receber notificações para esses alertas.
  • Orientação sobre registros e quem é elegível para votar.
  • Informações sobre como solicitar uma cédula de votação por correio, orientação para eleitores militares e no exterior, e datas e locais de votação para votação antecipada.
  • Informações e links para ajudar as pessoas a planejar seu voto no dia da eleição, incluindo quando votar, onde votar e se há requisitos de identificação.

A partir deste inverno (verão no hemisfério norte), colocaremos o Centro de Informações sobre Votação no topo dos feeds das pessoas no Facebook e Instagram nos EUA. Entre julho e novembro, esperamos que mais de 160 milhões de pessoas nos EUA vejam informações oficiais sobre como votar nas eleições gerais.

Também estamos trabalhando em atualizações para os lembretes de registro, informações de voto por correio e lembretes do dia das eleições que rodamos durante as eleições primárias. Essas atualizações facilitarão ainda mais para que as pessoas encontrem informações confiáveis sobre a participação na eleição e compartilhem com seus amigos no Facebook, Instagram e Messenger. Em breve teremos mais para compartilhar.

Mais controle e transparência para anúncios políticos

Os anúncios políticos desempenham um papel importante em todas as eleições – e este ano não será diferente. As pessoas nos disseram que querem a opção de ver menos propagandas políticas no Facebook e Instagram. Depois de anunciar esse recurso no início deste ano, estamos o disponibilizando agora como parte de nossos preparativos para as eleições de 2020 nos EUA.

A partir de hoje para algumas pessoas e gradualmente nas próximas semanas para todos nos EUA, as pessoas poderão desativar todas as propagandas sobre questões sociais, eleitorais ou políticas de candidatos, de comitês políticos independentes ou de outras organizações que tenham o aviso político “Pago por” nelas. Você pode fazer isso no Facebook ou Instagram diretamente a partir de qualquer propaganda política ou sobre questões sociais, ou através das configurações de anúncio de cada plataforma. No entanto, sabemos que nosso sistema não é perfeito. Portanto, pessoas que selecionaram essa preferência e que ainda assim vejam uma propaganda que considera política poderão clicar no canto superior direito do anúncio e reportá-la para nós.

Estamos lançando essa opção nos EUA inicialmente e pretendemos disponibilizá-la em países onde temos regras sobre propaganda sobre questões sociais, eleições e política no fim da primavera (outono no hemisfério norte).

Também estamos tomando duas medidas adicionais para tornar a publicidade política mais transparente. Anteriormente, quando alguém compartilhava uma propaganda política ou sobre questões sociais em seu perfil ou a publicava em uma Página, a marcação de “Pago por” não era exibida nos compartilhamentos, criando confusão sobre se esse compartilhamento era ou não uma propaganda. A partir de hoje, os avisos permanecerão em qualquer propaganda política ou sobre questão social compartilhada, para que as pessoas possam ver quem está por trás e quem pagou por ela.

Por fim, estamos adicionando um novo recurso à Biblioteca de Anúncios, permitindo que as pessoas acompanhem os gastos com propaganda nas corridas da Câmara e do Senado dos EUA, além dos gastos com os candidatos presidenciais. Também ofereceremos uma ferramenta personalizável para rastrear e comparar os gastos de anunciantes que exibem anúncios políticos ou de questões sociais. Isso ajudará as pessoas a entender quanto anunciantes e candidatos estão gastando para alcançar os eleitores.



Usamos cookies para ajudar a personalizar conteúdo, mensurar anúncios e fornecer uma experiência mais segura. Clicando ou navegando no site, você concorda em permitir a coleta de informações dentro e fora do Facebook por meio de cookies. Saiba mais, inclusive sobre os controles disponíveis: Política de Cookies