Ajudando os verificadores de fatos a identificar conteúdos falsos mais rapidamente

Por Henry Silverman, Gerente de Produto

Fizemos progressos significativos na redução da desinformação por meio de nossa parceria com algumas das principais agências de verificação de fatos do mundo. Hoje, estamos anunciando um novo programa piloto nos Estados Unidos  para permitir que essas agências vejam rapidamente se um grupo representativo de usuários do Facebook encontrou algo que comprove ou contrarie uma afirmação. Nosso objetivo é ajudar as agências de verificação de fatos a identificar conteúdo falso mais rapidamente.  

O programa contará com revisores da comunidade que trabalharão como pesquisadores para encontrar informações que possam contradizer os boatos online mais óbvios ou comprovar outras afirmações. Esses revisores da comunidade não serão funcionários do Facebook, mas serão contratados como prestadores de serviço através de um de nossos parceiros. Eles também não serão responsáveis pela decisão final sobre se um conteúdo é falso ou não. Em vez disso, as informações encontradas por eles serão compartilhadas com as agências de verificação de fatos parceiras como contexto adicional para que elas façam sua própria revisão oficial. 

Por exemplo, se houver um post afirmando que uma celebridade morreu e os revisores da comunidade não encontrarem outras fontes que reproduzam essa notícia – ou verem uma notícia que essa mesma celebridade vai se apresentar mais tarde naquele dia -, eles podem dar um aviso de que aquela alegação não pôde ser confirmada. As agências de verificação  de fatos então verão essa informação ao revisarem e classificarem a publicação. 

Começamos a explorar essa ideia no início deste ano. Desde então, temos trabalhado com especialistas e parceiros de diversas áreas para entender como podemos apoiar mais nossos parceiros de verificação de fatos em seu esforço para revisar conteúdo mais rapidamente. 

Como o programa funcionará:

  • Nosso modelo de aprendizagem de máquina identifica uma potencial desinformação a partir de um conjunto de sinais. Isso pode ser um comentário na publicação demonstrando descrença, ou a publicação ter sido compartilhada por uma Página que já divulgou desinformação no passado.
  • Se houver uma indicação de que uma publicação pode ser falsa, enviamos para que ela seja revisada por um grupo diverso  de revisores da comunidade.
  • Esses revisores da comunidade deverão identificar a principal afirmação da publicação. Eles farão uma pesquisa para encontrar outras fontes que suportem ou desmintam a afirmação, de forma parecida a que faria uma pessoa usando o Facebook procurando por outras notícias para avaliar se confia na principal afirmação do post. Os parceiros de verificação de fatos poderão ver a avaliação dos revisores da comunidade como um sinal na hora de selecionar qual história revisar e classificar.

Para garantir que o grupo de revisores da comunidade represente a diversidade de pessoas no Facebook, firmamos uma parceria com a YouGov, uma empresa global de pesquisas de opinião pública e dados. A YouGov conduziu um estudo independente sobre revisores da comunidade e usuários do Facebook. Eles estabeleceram os requisitos usados para selecionar revisores da comunidade que levaram a um grupo representativo da comunidade do Facebook nos EUA e que reflete diferentes pontos de vista – incluindo ideologia política – dos usuários do Facebook. Eles também descobriram que as avaliações feitas pelos revisores da comunidade eram consistentes com o da maioria das pessoas usando o Facebook.  

Estamos testando esse processo nos EUA durante os próximos meses e avaliaremos de perto o seu funcionamento através de pesquisas próprias, ajuda de acadêmicos e feedback dos nossos parceiros de verificação de fatos. Acreditamos que, combinando a experiência das agências de verificação  de fatos com um grupo de revisores da comunidade, poderemos avaliar as informações falsas mais rapidamente e progredir ainda mais na redução da visualização desses conteúdos no Facebook.



Usamos cookies para ajudar a personalizar conteúdo, mensurar anúncios e fornecer uma experiência mais segura. Clicando ou navegando no site, você concorda em permitir a coleta de informações dentro e fora do Facebook por meio de cookies. Saiba mais, inclusive sobre os controles disponíveis: Política de Cookies