Por Nathaniel Gleicher, Diretor de Políticas de Cibersegurança 

Minha equipe coordena os esforços que envolvem vários times do Facebook para encontrar e remover campanhas coordenadas que buscam manipular o debate público em nossas plataformas. Nossa política de comportamento inautêntico coordenado explica como encontramos, identificamos e removemos essas operações. Somente no ano passado, anunciamos e derrubamos mais de 50 redes desse tipo em todo o mundo por ações de comportamento inautêntico coordenado, inclusive antes de eleições em grandes democracias.

À medida que aprimoramos nossa capacidade de remover essas operações, também construímos um entendimento mais profundo dos diferentes tipos de ameaças existentes e a melhor forma de combatê-las. Embora a participação de governos estrangeiros nesses tipos de violações tenha chamado a atenção do público, nos últimos dois anos também vimos atores não estatais, redes nacionais e empresas comerciais envolvidas nesse comportamento. E também vimos campanhas com motivação financeira se apoiarem em contas falsas e outras táticas não autênticas para gerar cliques e enganar as pessoas.

Ainda que investiguemos e ajamos contra qualquer tipo de comportamento inautêntico, a maneira mais apropriada de lidar com alguém que impulsiona a popularidade de suas publicações em seu próprio país pode ser diferente da melhor maneira de combater interferências estrangeiras. É por isso que estamos atualizando nossa política de comportamento inautêntico para esclarecer como agimos contra práticas enganosas que vemos em nossa plataforma. Neste texto, compartilharei mais informações sobre o modo como pensamos e as políticas que adotamos para lidar com operações coordenadas.

O que é um comportamento inautêntico?

Quando as pessoas pensam em operações coordenadas, geralmente focam no conteúdo que está sendo compartilhado. É discurso de ódio? Isso é uma ameaça? Isso é falso? Mas a maior parte do conteúdo compartilhado por campanhas coordenadas de manipulação não é necessariamente falsa e seria um discurso político aceitável se compartilhado por audiências autênticas. O problema real é que os atores por trás dessas operações estão usando comportamentos enganosos para ocultar a identidade da organização por trás de uma campanha, fazendo com que a organização ou sua atividade pareça mais popular ou confiável do que é, ou evitando nossos esforços para aplicação das nossas políticas. É por isso que, quando derrubamos as operações coordenadas, estamos agindo com base no comportamento que vemos em nossa plataforma – não com base em quem são os atores por trás disso ou no que dizem.

Atualização da política de comportamento inautêntico

Estamos atualizando nossas políticas de comportamento inautêntico para melhorar ainda mais nossa capacidade de combater novas táticas e pessoas mal intencionadas. Veja como agiremos contra uma série de atividades inautênticas, estrangeiras ou nacionais, estatais ou não estatais.

Comportamento inautêntico coordenado

Como em remoções anteriores, continuaremos procurando grupos de contas e Páginas que estejam trabalhando em conjunto para enganar as pessoas sobre quem elas são e o que estão fazendo. Quando encontrarmos campanhas domésticas, não governamentais, nas quais o uso de contas falsas é essencial para a operação, removeremos todas as contas autênticas e inautênticas, Páginas e grupos diretamente envolvidos nessa atividade. Compartilharemos nossas descobertas como parte de um relatório mensal sobre CIB (sigla em Inglês para Coordinated Inauthentic Behavior) que lançaremos nos próximos meses. No entanto, se a atividade que removermos estiver diretamente relacionada a um evento cívico, representar risco físico iminente ou envolver uma nova técnica ou uma nova e relevante pessoa mal intencionada, compartilharemos nossas descobertas no momento da aplicação da nossa política.

  • Persona Non Grata: Se, no decorrer de uma investigação, determinarmos que uma organização específica está organizada principalmente para conduzir campanhas de manipulação, a removeremos completamente de nossas plataformas de forma permanente.

Interferência Estrangeira ou Governamental

Existem dois tipos de comportamentos inautênticos coordenados particularmente notórios:

  • Esforços liderados por estrangeiros para manipular o debate público em outro país;
  • Operações executadas por um governo para atingir seus próprios cidadãos. Isso pode ser particularmente preocupante quando combinam técnicas enganosas com o poder de um Estado.

Se identificarmos alguma atividade relacionada a comportamentos inautênticos coordenados conduzida em nome de uma entidade governamental ou por um ator estrangeiro, agiremos com as medidas mais amplas de aplicação das nossas políticas, incluindo a remoção de tudo na plataforma que estiver conectado à operação e às pessoas e organizações por trás dela. Também anunciaremos a remoção desta atividade no momento da aplicação das nossas políticas.

Comportamento inautêntico

Rotineiramente, agimos contra outros comportamentos inautênticos, incluindo atividades com motivação financeira, como spam ou táticas falsas de engajamento que dependam de amplificação inautêntica ou que estejam buscando driblar nossas políticas, em vez de contas falsas. Atualizamos uma lista dessas técnicas enganosas em nossa política para garantir que as pessoas entendam melhor os tipos de comportamentos inautênticos contra os quais agiremos, mesmo que não faça parte de uma ação coordenada. Aplicamos essa política de comportamento inautêntico apenas com base em protocolos específicos que são revisados ​​e aprovados através de nossos processos internos. Isso pode incluir restrições temporárias, avisos, diminuição da visibilidade de conteúdos no Feed de Notícias ou remoção.

Continuaremos a adaptar nossas políticas para garantir que possamos combater efetivamente as campanhas coordenadas de comportamento inautêntico, mesmo que pessoas mal intencionadas aprimorem suas técnicas.